DÚVIDAS FREQUENTES NAS REDES SOCIAIS

Não. O CEI é uma clínica que trabalha com Terapia ABA por meio da capacitação de cuidadores.

As atividades do CEI são direcionadas para a área do autismo, da deficiência intelectual e outros transtornos do desenvolvimento (síndromes). Nossas intervenções são baseadas em Análise do Comportamento (Terapia ABA). Nós fazemos: avaliação do desenvolvimento, capacitação de pais, cuidadores e profissionais, orientação a inclusão escolar, consultoria às instituições (clínicas, escolas, entre outras) e supervisão de profissionais. Atendemos pessoas com autismo, deficiência intelectual e outros transtornos do desenvolvimento em qualquer idade (bebês, crianças, adolescentes e adultos).

Há uma área do CEI destinada exclusivamente à inclusão escolar. A nossa função é auxiliar a escola a escolher e implementar as melhores estratégias para favorecer a interação social e aprendizagem do aluno com autismo, deficiência intelectual ou outros transtornos do desenvolvimento.

Há instrumentos extremamente confiáveis, adaptados e/ou validados para a população brasileira, que servem para medir o desenvolvimento de pessoas com autismo, deficiência intelectual ou outros transtornos do desenvolvimento. Estes instrumentos oferecem informações importantes sobre as habilidades e as dificuldades da pessoa avaliada, possibilitando planejar a intervenção de maneira adequada e avaliar se uma intervenção que já está acontecendo apresenta-se efetiva ou não.

O tempo para a realização da avaliação depende da idade da pessoa a ser avaliada, do perfil dela e dos instrumentos que serão utilizados na avaliação. O tempo médio entre a avaliação e o início da intervenção é de uma semana.

Terapia ABA é um tipo de intervenção que a literatura científica tem indicado como mais efetiva, até o momento, para o tratamento do autismo. Uma Terapia ABA consistente deve ser firmemente fundamenta em Análise do Comportamento, estimular várias áreas do desenvolvimento simultaneamente e ocorrer por 15 a 40 horas semanais. “Terapias ABA” que acontecem por poucas horas semanais não são efetivas para a maioria das pessoas com autismo.

O prazo estipulado para o término do acompanhamento realizado pelo CEI vai depender do perfil da pessoa acompanhada e dos objetivos traçados para ela, junto com a família. Dessa maneira, não é possível estipular um tempo fixo para todas as pessoas atendidas pelo CEI.

A maioria das avaliações são realizadas na sede do CEI, porém há exceções e em casos muito específicos a avaliação pode ser realizada na residência da pessoa com autismo, deficiência intelectual ou outros transtornos do desenvolvimento. Entre em contato conosco para analisarmos qual é a melhor estratégia para a avaliação.

Há três modalidades de atendimento: 1. na residência da pessoa assistida; 2. por meio de videoconferência; 3. na sede do CEI. O local do atendimento depende do perfil da pessoa atendida, das necessidades da intervenção e do local onde a pessoa assistida mora.  

Os atendimentos por meio de videoconferência funcionam da mesma maneira que os atendimentos presenciais; a única diferença é que as orientações dos profissionais do CEI são realizadas por meio da videoconferência. As sessões por videoconferência têm dia e horário fixos como nas sessões presenciais e a metodologia usada é a mesma nos dois formatos de intervenção. Nossas pesquisas a respeito da efetividade do atendimento por meio de videoconferência têm indicado que os resultados são semelhantes aos do atendimento presencial.

Visitas ao CEI devem ser previamente agendadas com nossa secretaria. Não recebemos vistas que não foram previamente agendadas.

DÚVIDAS FREQUENTES NA LOJA VIRTUAL

A aquisição dos protocolos é opcional. No livro há todos os protocolos, porém em tamanho reduzido, o que pode dificultar a reprodução para o uso durante a aplicação. O kit com os protocolos está em tamanho A4, o que pode favorecer a reprodução durante a aplicação.

Aqui no nosso site você encontra todas as nossas publicações de artigos, tese e dissertações.

Análise do Comportamento é uma ciência robusta que exige uma formação ampla. Dessa maneira, para se tornar um terapeuta com formação em Análise do Comportamento (“Terapeuta ABA”), o profissional precisa de uma formação ampla em Análise do Comportamento, oferecida em cursos de especialização, mestrado e doutorado. O objetivo dos nossos cursos, que são de curta duração, não é formar “terapeutas ABA”, mas capacitar pais, cuidadores e profissionais a aplicar os procedimentos de ensino descritos nos nossos livros, que são parte de um modelo de terapia ABA. Dessa maneira, a pessoa que faz os nossos cursos sai capacitada a aplicar os procedimentos que estão descritos nos livros, em um contexto de terapia ABA.

Infelizmente não. Apenas na versão impressa.

Sim. São emitidos certificados constando o conteúdo e a carga horária do curso.

Sim. Para isso você deve entrar em contato previamente com o CEI para que possamos separar o material para você. 

Os materiais do CEI estão disponíveis preferencialmente no nosso site. Os livros “ Ensino de Leitura para Pessoas com Autismo” e “Ensino de Habilidades Básicas para Pessoas com Autismo” também estão disponíveis no site da editora Appris ou em outros sites de livrarias.